<img height="1" width="1" style="display:none" src="https://www.facebook.com/tr?id=827968140662494&amp;ev=PageView&amp;noscript=1">
Você está em: Home / Blog / Seu título de publicação de blog aqui...

Blog da FGR

Por Katiuska Prado em 11 de Outubro de 2017

Dicas para harmonizar vinhos com diferentes tipos de pratosParte 3: Harmonizando vinhos com queijos

FGR_blog_banner_101017.jpg

Receber os amigos para uma noite de vinhos com queijos como aperitivos ou convidar aquela pessoa especial para desfrutar desse encontro gastronômico delicioso é um dos programas preferidos de quem aprecia bons rótulos e não dispensa um aperitivo.

Essa combinação de queijos e vinhos é clássica, mas nem sempre é fácil fazer essa harmonização, principalmente se você é iniciante. Por isso, para ajudar a desvendar os mistérios dessa harmonização, trouxemos um guia rápido e simples. Veja!

Leia também:

Dicas para harmonizar vinhos com massas

Dicas para harmonizar vinhos com carnes

O famoso chorinho de Goiânia está de volta

 

Vinhos com queijos macios

Captura de Tela 2017-10-10 às 11.54.36 AM.png

A massa dos queijos macios, como os do tipo brie e camembert é firme e muito cremosa, sendo levemente amanteigada. Isso é devido ao processo de maturação do queijo, deixando o miolo macio e a capa branca.

Esses tipos de queijos harmonizam com vinhos brancos de corpo médio a leve e acidez intermediária, como Chardonnay, Vinho Branco Escorihuela ou Chenin Blanc da África do Sul. Podem também ser harmonizados com vinhos tintos de corpo leve e de acidez média a acentuada, tais como Zorzal Terroir Único Pinot Noir ou um Beaujolais.

Vinhos com queijos azuis: gorgonzola e roquefort

Captura de Tela 2017-10-10 às 11.55.46 AM.png

Os queijos azuis são conhecidos pelo sabor intenso, têm textura macia e consistência quebradiça. Devido ao sabor acentuado desse tipo de queijo, é preciso tomar cuidado com o tipo de vinho escolhido para acompanhá-los. O indicado é fazer a harmonização por contraste, equilibrar o sabor salgado e intenso do queijo com a doçura do vinho do Porto, Sauternes ou Colheita Tardia, por exemplo.

Vinhos com queijos de massa filada: mussarela e provolone

Captura de Tela 2017-10-10 às 11.57.27 AM.png

Os queijos de massa filada são aqueles que se transformam - depois de processados, em uma massa elástica e resistente. Esses tipos de queijos são os mais consumidos no mundo todo. É bem possível que na sua casa não falte um queijo mussarela ou provolone, não é mesmo?

A harmonização desses queijos é melhor ser feita com vinhos tintos de corpo leve ou médio, com acidez acentuada para equilibrar a gordura. O mais indicado é optar por vinhos com castas de Bordeaux, como Cabernet Sauvingnon, Merlot e Cabernet Franc.

Vinhos com queijos semiduros: prato, cheddar, gruyére e gouda

Captura de Tela 2017-10-10 às 11.58.41 AM.png

Os queijos semiduros têm como principal característica um sabor adocicado ao paladar. Exatamente por isso, queijos desse estilo harmonizam com vinhos leves, ácidos e frutados, das castas Riesling e Sauvignon Blanc, que são escolhas adequadas para equilibrar a doçura dos queijos.

Vinhos com queijos duros: parmesão e grana padano

Captura de Tela 2017-10-10 às 11.59.45 AM.png

Os queijos duros, como parmesão e grana padano, harmonizam com vinhos do tipo Malbec, Escorihuela Familia Gascón, Vinho do Porto ou um Syrah do Novo Mundo.

Dica: Não se esqueça de aprimorar a noite com um kit básico de degustação de queijos: uma faca para queijos macios e cremosos, uma faca estreita como uma espátula para os queijos semi-duros, uma faca afiada e pontuda para os duros como o parmesão.

Para os amantes de vinhos, não esqueça de ver as dicas para harmonização com carnes e massas.

banner sidebar jardins barcelona

Receba as Novidades por Email