<img height="1" width="1" style="display:none" src="https://www.facebook.com/tr?id=827968140662494&amp;ev=PageView&amp;noscript=1">
Você está em: Home / Blog / Seu título de post de blog aqui...

Blog da FGR

Por Katiuska Prado em 22 de Janeiro de 2018

Horta vertical: a facilidade de ter temperos e ervas a mão

001_banner-3.jpg

Viver rodeado do cheiro e frescor das plantas é mais que um privilégio, é benefício para a saúde. E que tal ter um pouquinho da natureza dentro da sua casa? Uma ótima opção e que vem sendo há algum tempo preferência dos amantes por plantas é a horta vertical.

Uma das razões para a horta vertical ter se tornado tendência é a facilidade de ter temperos e ervas a mão. Imagine que delícia preparar um spaghetti e incrementar o molho com manjericão fresco? Uma comida feita assim, com temperos frescos que você pega no seu jardim, não tem comparação.

 Outro ponto positivo é que não é nada complicado ter uma horta vertical em casa. Veja algumas dicas:

1 – delimite um espaço para a horta

2 – Escolha as plantas que deseja cultivar

3 – Pense na estrutura da horta

Se a ideia é ter a horta fixa à parede, o ideal é cobrir com um plástico ou folhas de PVC para proteger a parede da água e dar mais suporte para a horta. Agora, se a preferência for hortas em bandejas, vasos de barro ou materiais recicláveis, esse cuidado é dispensável.

4 – Avalie o tempo de irrigação de acordo com a planta

O tempo de irrigação depende exclusivamente do tipo de planta cultivada. Por exemplo, lavanda, salsinha e alecrim, são plantas que não gostam de muita água, por isso a irrigação tem um tempo maior de intervalo.  Já orégano, segurelha e hortelã precisam de água em abundância.

E para quem tem dúvidas na hora de escolher os melhores temperos e ervas para o cultivo em casa, preparamos um guia simples. Veja abaixo:

002_miolo.jpg

  • Manjericão

Bem versátil, utilizada em diversos pratos, se adapta bem em climas mais quentes e gosta de sol. Deve ser regada uma vez ao dia.

  • Alecrim

Vive bem em climas quentes e terrenos mais arenosos. Não precisa de água em abundância para viver e é bem resistente.

  • Hortelã

Vive bem em áreas com um pouco menos de sol. Devido a sua raiz se espalhar rapidamente o forte aroma, o indicado é que a hortelã seja plantada em local separado de outras plantas.

  • Orégano

Esse tempero que dá um toque especial nas pizzas, assados e molhos se adapta a climas mais amenos, mas não abre mão do sol. Pede regas constantes.

  • Salsa

A salsa é muito comum na culinária brasileira e fácil de ser cultivada. Prefere climas mais amenos e ambientes com menos sol em que haja sombra. Precisa de um solo com boa drenagem e irrigação constante.

  • Coentro

O que melhor se adapta a qualquer tipo de clima. Pode ser cultivado em lugares ensolarados ou em sombra parcial.

  • Salsinha

Pode ser cultivada em clima ameno ou ensolarado. Precisa ser regada de forma a manter o solo sempre úmido, mas não encharcado.

 

Com as dicas e esse guia básico vai ficar bem mais fácil montar uma horta vertical na sua casa. Deixe nos comentários qual seu tempero favorito e se você já tiver uma hora, conta para gente como você cuida dos seus temperos e ervas.

banner sidebar jardins barcelona

Receba as Novidades por Email