<img height="1" width="1" style="display:none" src="https://www.facebook.com/tr?id=827968140662494&amp;ev=PageView&amp;noscript=1">
Você está em: Home / Blog / Seu título de publicação de blog aqui...

Blog da FGR

Por Katiuska Prado em 8 de Novembro de 2017

Saúde na melhor idade: saiba o que você precisa para viver bem

FGR_blog37_banner_061117.jpg

Quando se mantém uma rotina de cuidados diários, com exercícios e alimentação balanceada, viver bem em todas as fases da vida é mais fácil. Por isso, os cuidados com a saúde e bem-estar devem começar cedo. Mas, o importante, independente da idade ou gênero, é a mudança de vida em prol de mais qualidade e saúde.

E se você não gosta de academias e ambientes fechados, é possível aproveitar o conforto do seu Jardins, os amplos espaços, como pista de cooper, para praticar exercícios ao ar livre, com a natureza ali do seu lado.

A saúde na melhor idade, por exemplo, deve ter atenção dobrada, uma vez que, com o passar dos anos o corpo não é mais o mesmo e não responde tão bem – como um jovem, aos estímulos dos exercícios físicos, mas isso não quer dizer que os exercícios não devem ser praticados, pelo contrário.


Veja abaixo algumas dicas para ter mais qualidade e bem-estar na terceira idade:

Leia também:

Qualidade de vida para viver mais: Parte 2 – exercícios ao ar livre

Dicas para harmonizar vinhos com queijos

Qualidade de vida para viver mais: Parte 1 – sociabilização na melhor idade

 

Alimentação balanceada

Manter uma dieta rica em fibras, frutas, verduras, grãos e com ingestão saudável de gordura, pode garantir a saúde cardiovascular, prevenir o ganho de peso e facilitar o funcionamento do intestino. A ingestão de água também é fundamental, mesmo que você não sinta muita sede. De acordo com geriatras o envelhecimento aumenta o risco de desidratação, por isso, mantenha sempre um copo ou garrafinha de água perto de você.

Sucos naturais e chás embora contribuam para a hidratação do corpo, não substituem a água, ok?

 

Exercícios físicos

A atividade física regular deve está diretamente ligada a mais qualidade de vida e bem-estar. E se você pensa que precisa ser algo pesado e complicado, é possível praticar exercícios ao ar livre, aproveitar o espaço disponível e a presença da natureza, sempre respeitando seus limites.

É comprovado que a atividade física permite o fortalecimento do coração, dos pulmões, dos ossos e dos músculos, reduz o risco de diversas doenças, como osteoporose e infarto.

 

Visita periódica ao médico

Esse é um dos grandes problemas dos adultos, a falta de consultas periódicas. Mesmo na ausência de doenças e mal estar, marcar uma consulta com seu médico a cada seis meses ou um ano é imprescindível para manter uma boa saúde e maior qualidade de vida.

É importante lembrar que a prevenção é a melhor opção para evitar doenças e obter bons resultados através de diagnóstico precoce.

As mulheres, em sua maioria, tendem a cuidar mais da saúde do que os homens, de acordo com uma pesquisa realizada pelo IBGE, que revelou que 71,2% dos entrevistados haviam se consultado pelo menos uma vez nos 12 meses anteriores à entrevista. Entre as mulheres, o índice foi de 78%, contra 63,9% dos homens.

Esse é um dado preocupante ainda mais com o crescimento de índices de câncer de próstata. A saúde do homem deve receber bastante atenção.

 

Novembro Azul – Saúde do Homem

Diante da preocupação crescente com a saúde do homem, a campanha de saúde Novembro Azul, que visa conscientizar a população, em especial aos homens, a respeito de doenças masculinas, com ênfase na prevenção e no diagnóstico precoce do câncer de próstata.

De acordo com o Instituto Nacional do Câncer (Inca), neste ano, devem ser registrados 61,2 mil novos casos de câncer de próstata no Brasil. Segundo dados do instituto, no Brasil, o câncer de próstata é o segundo mais comum entre os homens, atrás apenas do câncer de pele.

Outro dado ainda mais preocupante, é que de acordo com o Inca, o câncer de próstata é considerado um tumor da terceira idade, uma vez que, três quartos dos casos no mundo ocorrem a partir dos 65 anos.

 

Importância do exame preventivo

Embora o exame preventivo seja rodeado de preconceitos é de extrema importância para o combate eficaz da doença. De acordo com a Sociedade Brasileira de Urologia (SBU), 20% dos pacientes são diagnosticados em estágios avançados da doença, o que leva a uma taxa de mortalidade de 25%.

Esses índices precisam ser mudados o quanto antes! A recomendação de médicos é fazer uma visita anual ao urologista a partir dos 50 anos, ou dos 45, caso haja fatores de risco, como histórico de familiar de câncer de próstata; obesidade; tabagismo; consumo de álcool em excesso, por exemplo.

 

A doença na sua fase inicial dificilmente apresenta doenças, por isso, o exame preventivo é fundamental. Os exames estão disponíveis na rede pública de saúde durante todo o ano. Procure a unidade de saúde mais próxima da sua residência e coloque em prática as dicas para aumentar sua qualidade de vida e bem-estar, afinal, viver mais e melhor deve ser sempre a sua prioridade.

banner sidebar jardins barcelona

Receba as Novidades por Email